quarta-feira, 30 de março de 2011

Como faço para parar se ...

Quero ou não quero?

dúvidasQuando você decide que não quer mais usar droga as coisas começam a ficar meio estranhas, a ansiedade aumenta o tempo não passa, o seu pensamento fica somente nela e você descobre que não é tão fácil como havia imaginado que seria.

De repente da uma vontade forte de usar, você tenta deixar pra lá, mas ela parece ser mais forte que qualquer outra coisa, e ai você chuta o pau da barraca e se convence de que um pouquinho não vai fazer mal, que você vai conseguir parar depois, e é nessa hora que você larga tudo e vai buscar a droga.
Essa vontade louca se chama fissura! 

No começo ela vem forte, muito forte, e se você não tiver uma força interior maior do que ela não conseguirá ficar sem usar a droga. É nesse momento que algumas pessoas descobrem que precisam de "ajuda" profissional para conseguir deixar de usar a droga de sua preferência. Que sozinho é muito difícil, pois os seus pensamentos o traem, sem que perceba está usando de novo. Iria por outro caminho, mas quando vê já está de frente a casa daquele amigo que tem a droga, ou na boca onde costuma comprá-la. Que não queria ir, que achou que poderia fazer outra coisa, mas voltou ao mesmo lugar de sempre. 
Como isso aconteceu? Por que é tão difícil?





Acontece porque somos como ratinhos de laboratório, ficamos condicionados àquele comportamento aprendido, e esse é um processo físico e psíquico. A pessoa que pára de fumar, por exemplo, no início não sabe direito o que fazer com as mãos, já que tinha a função de levar os cigarros até a boca continuamente durante o período que estava acordado. São reações motoras, físicas e psicológicas.



Você conhece o auto-engano? 

Acontece assim: você diz não quero, não vou, mas de repente se permite usar só mais uma vez, afinal não é possível que não possa se controlar. E ai você novamente se engana com a ilusão de que desta vez vai conseguir se controlar.
Os amigos que estão numa fase anterior a sua - que não perceberam ainda, ou não quiseram admitir que não conseguem parar -, continuam a te chamar para sair, para comprar e para usar. Você pensa em dar alguma desculpa para não ir, mas na hora H quando pensa na droga acaba indo junto.








Assim é um dia após o outro, até que você se convence de que sozinho não vai dar.
E como é difícil procurar ajuda. Aonde ir? Com quem falar? E a vergonha de contar para as pessoas? E se descobrem como fico? Mas será mesmo que não vou conseguir parar sozinho?
Um monte de coisa passa pela cabeça! Nossa que medo!

E agora, o que eu faço?




Que tal começar a dissolver as suas dúvidas?


Você não é a primeira pessoa e nem será a última a se sentir num momento estranho, mas pode ser o que conseguiu mudar essa situação.
Afinal de contas, valeu tudo o que você viveu, mas agora está em um outro momento e isso pode não te servir mais. 
Ja pensou nisso?

sera que eu encintrarei a luz no fim do tunel

Você está iniciando uma fase de mudanças.
Precisa começar a se entender, e aprender a fazer as coisas de forma diferente.

Para mudar as coisas que não estão legais na sua vida, é preciso ousar, e para ousar é necessário ter coragem!!

Vá em frente, insista na sua mudança e evolução. 
Boa sorte!



56 comentários:

  1. Gostei Rosangela! Linguagem simples, ambiente gostoso e uma meta ousada: ajudar aquele que deseja largar o vicio.
    Um GRANDE abraço para vocÊ!!!

    ResponderExcluir
  2. Obrigada Ademar! Seja bem vindo ao Blog. Abraço.

    ResponderExcluir
  3. Parar e fogo mesmo, fumo maconha todos os dias, e pelo menos uma vez na semana cheiro coca, apesar disto trabalho e levo uma vida `` normal``.
    Nunca pensei muito serio em parar de vez.
    Mais acho q sozinha e muito dificil.... querendo um dia parar.... vou ter q pedir ajuda....

    ResponderExcluir
  4. Oi Melissa. Quando vc decidir, basta pedi-la! Abração.

    ResponderExcluir
  5. estou precisandoo de ajuda pois naum consigo para de usar farinha, fico um , duas semana e volto logo pra ela , pois minhas colegas usa e fico com medo de ser a mais careta , e ja faz 7 anos q uso so que consigo ficar 1 e 2 semana sem usar , so q vejo fico louca, tenho 22 anos sou jovem .
    , e nao qro ver minha vida acaba assimm vcs me ajuda dar um basta.

    ResponderExcluir
  6. Oi Fabricia, não sei em que cidade vc está, mas vc poderia procurar um CAPS álcool e drogas próximo a sua casa, é gratuito mantido pelo governo federal e administrado pela prefeitura da sua cidade, e começar um tratamento para parar de usar drogas.Se vc consegue ficar cerca de 2 semanas sem o uso seria muito bom aproveitar esse período de abstinência para começar o tratamento. Uma dica: se afaste de quem usa cocaína e procure um CAPS o mais rápido possível, vc está querendo parar portanto você está numa fase e seus amigos estão em outra. Boa sorte. Abraço.

    ResponderExcluir
  7. Preciso de ajuda!!! Meu marido uso há 12 anos coca, já pediu ajuda, já passou na psicóloga mas não adiantou em nada, continua a mesma coisa. Toda vez que ele usa ele arruma motiva para nós brigarmos e ele implica muito com a minha filha, não aguento mais. Temos 2 filhas mas nem o amor delas o fazem abandonar o vício.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anna, maioria das pessoas que tem um dependente dentro de casa acreditam que ele é o único que precisa de tratamento ou de ajuda, mas na verdade todos ficam adoecidos e precisam de apoio psicológico. Seria muito bom que vc procurasse orientação em um CAPS álcool e drogas ou em grupos de familiares, os NA e AA poderão te informar onde os grupos se reunem (independente do usuário de droga) em sua cidade. Forte abraço.

      Excluir
  8. estou usando drogas, nao consigo parar, quero parar mas quando eu bebo termino usando, estou muito mal, uma depressao terrivel
    eu nao consigo parar de beber,quando chega fica de semana fico muito mal se nao beber meio que em crise,e quando bebo termino usando drogas. nao quero mais isso alguem me ajuda por favor
    gostaria muito de conversar com alguem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Finais de semana costumam ser os dias mais complicados para ficar sem a droga, principalmente por que vc se habitua a ir nos mesmos lugares,se encontrar com os mesmos amigos e aí acaba usando a droga, seja ela em forma líquida, pó ou erva.Mas é possível fazer diferente!
      Pela sua explicação a dependência do álcool é clara. Agora que vc percebeu a necessidade de "ajuda", procure uma unidade de saúde (posto) perto da sua casa e converse com a assistente social ou enfermeira do local, fale sobre o seu problema e solicite que te encaminhe para o CAPS álcool e drogas mais próximo da sua casa. Mas vá, ficar apenas se lamentando não vai te ajudar em nada, daqui a pouco sua depressão melhora e vc muda de idéia, portanto aproveite o mal estar e vá em busca de um tratamento adequado. Boa sorte!

      Excluir
  9. ola, me chamo Willian e tenho 23 anos, e a mais ou menos 2 anos tenho consumido cocaína e outras drogas (maconha, álcool e sintéticos), mas hoje oque me agrava um problema serio é o uso da cocaína, hoje estou na fase de não ter força pra resistir mais a fissura que ela provoca, sempre quando tenho as recaídas, principalmente na hora de me deitar pra tentar dormir, vem a depressão uma tristeza profunda de arrependimento, um fato revoltante quando o efeito passa, é aquela sensação de como se nada estivesse acontecido, e assim vai durante os dias das recaída.
    Sei que preciso de ajuda medica, mas é difícil até pra agendar as consultas com um psiquiatra. Sempre peso a Deus que me ajude a restabelecer minhas forças, tento acreditar que conseguirei parar, esse anti-socialismo que a cocaína me provocou tem me atrapalhado muito pra buscar ajuda, outro problema é que também eu não posso ser internado devido ao meu trabalho, iria me prejudicar muito podendo ser demitido. Por favor peso de coração de quem ler esse resumido texto do meu problema, que responda com alguma coisa positiva com forte conceito de me ajudar resolver isso, qualquer coisa um exemplo é como como eu posso evitar a fissura e esquecer de vez essa droga que tem so me destruído...
    muito obrigado por ler, e que continue abençoando todos vocês..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Sinto em te dizer: mas não existe forma de vc ser ajudado a não ser realmente buscando um profissional! Por mais difícil que seja vc precisa procurar um psiquiatra e uma psicóloga, de preferência com experiência em dep. química, pois será a união dos dois tratamentos (físico e psiquico), que te auxiliarão a parar o uso da droga. Tenho vários pacientes que conseguiram abstinência trabalhando, mas houve impenho no tratamento. Não são todas as pessoas que necessitam de internação, muito pelo contrário,a grande maioria dos usuários tem suas vidas ainda organizadas e acabam achando que param o uso quando resolverem parar, mas qdo decidem realmente deixar de usar a cocaína é que se dão conta da dependencia e de como é difícil deixar de usa-la em seu cotidiano. Não desanime, é possível deixar de usar droga, comprovo isso dia a dia em meu consultório, mas é necessário que vc saia da sua zona de conforto e va buscar o tratamento. Boa sorte! Abraço

      Excluir
  10. Deus é um ótimo caminho, e sua força de vontade.
    Caro companheiro estou nesta página também porque luto contra a várioss anos, mas as vezes acabo recaindo, e depois é muita depressão ,arrependimento.

    Fica com Deus, e tenha muita força.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola! A recaída faz parte do tratamento, o importante é vc não desistir de continuar tratando, principalmente a psicoterapia, pois se vc recaiu é porque não soube lidar com alguma emoção/sentimento/pensamento. E somente a psicoterapia que irá te auxiliar a identificar, a compreender e a lidar de forma diferente a de quando vc usava droga. Boa sorte. Abraço.

      Excluir
  11. A todas as pessoas que passam por esse problema, tenho um conselho, procurem ajuda Mesmo, não basta ter força de vontade, a droga vai falar sempre mais alto. Infelismente as pessoas drogam-se muito cedo, influenciadas por colegas ou traficantes e depois não há volta a dar se não procurarem ajuda. Procurem AJUDA é muito importante. vocês pensam sempre que conseguem sozinhos mas passa um dia, dois e têm uma recaída porque não aguentam. Um amigo meu infelismente morreu por consumir cocaina, quando procurou ajuda já foi tarde demais. PROCUREM AJUDA

    ResponderExcluir
  12. Na Quinta feira passada (04/03), internei meu marido a força, atraves de uma equipe de resgate, ele é dependente de cocaina e esta nesta luta 14 anos, as vezes fica 6 meses limpo e volta com as recaidas e parecem que elas veem mais fortes que antes, não sei se tomei a atitude correta, só que ele achava que sozinho consiguiria, este sozinho , como falei se passaram 14 anos, os pais dele já são falecidos, eu e minha filha de 9 anos somos as familias mais próximas de ele tem, do jeito que esta não podia continuar, para mim tb não foi facil tomar esta decisão, e ainda explicar para uma criança que o pai dela esta doente e vai se tratar, ela me cobrando todos os dias para ver o pai dela. Tenho fé em Deus que esta atitude drástica servirã para ele repletir e retomar a vida de antes, sem vicios.
    Obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rosangela, se o seu marido não continuar o acompanhamento psicológico e (se precisar) o psiquiátrico, após a internação ele continuará na mesma. A internação ajuda muito para que o dependente fique sem o uso da droga e possa de fato iniciar um tratamento.

      Excluir
  13. força gente tenha fe em deus e acredite em vc mesmo

    ResponderExcluir
  14. olá preciso de ajuda mais não sei o que fazer sempre fui uma adicta, usava nos finais de semana cocaina, e as vezes sinteticos.fiquei assim uns 2 anos, depois engravidei e conseguir parar mais sempre pensava na droga, no ano passado por volta de agosto voltei a usar coca escondida em casa só que era uma vez por semana, porém agora se tornou 4 vezes na semana e uma grande quantidade, eu passo na psicologa mais não está adinatando vou a igreja mais nada ta resolvendo, o telefone do narcoticos só chama o que faço me ajudem por favor...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Converse com a sua psicóloga sobre isso. Vc está sendo acompanhada, mas talvez vc necessite de um acompanhamento psiquiátrico, de uma medicação que diminua a sua ansiedade nesse início de tratamento, para conseguir ficar sem a droga. É um período complicado, mas não tenha medo, continue o tratamento psicológico, insista, pois é um processo longo. As pessoas acham que tudo é tão rápido quanto o efeito da droga no organismo (11 segundos, mas nada é tão rápido, tudo tem um tempo para acontecer. Faça a conta do tanto de tempo que vc usa e o tanto de tempo que vc resolveu se tratar, e perceba que ainda não é nada! Para se tornar dependente é muito mais rápido do que para deixar de usar a droga, pois dependente dela vc será a sua vida toda! Converse com a sua psicóloga sobre isso, talvez seja necessário mais atendimentos nesse período mais dificil para vc. Boa sorte. Abraço

      Excluir
  15. eu consigo ficar 2 meses sem usar, mas depois recaio de novo.... neste meio tempo fico pensando o tempo todo em droga.... já fiquei internado duas vezes, consegui ficar limpo durante 5 anos, preciso de ajuda... já fui em pscologo, psquiatra, igreja, e nada adianta.... o que eu faço?

    ResponderExcluir
  16. Vc tem que insistir nos tratamentos, a recaida faz parte do processo, o impoortante é vc continuar, pois é dessa maneira que vc conseguirá a abstinência novamente. Cada vez que vc se permite ao uso é rompido o processo e reiniciado novamente, porém com maior conhecimento. É preciso trabalhar os motivos emocionais que te levaram a recaida. Não pare o tratamento, insista! Boa sorte!

    ResponderExcluir
  17. queria conversar . quero mto mto mto mesmo :\ ta dificil

    ResponderExcluir
  18. Oi Rafael, se vc estiver na cidade de São Paulo vc pode vir ao meu consultório. Se estiver em outra localidade, poderemos ver uma outra possibilidade de orientação. Me envie um e-mail: robrichezi@hotmail.com , que conversaremos! Abraço.

    ResponderExcluir
  19. Estou sem usar cocaína há algumas semanas. Me distanciei de amigos, larguei noites, redes sociais, estou levando uma vida bem caseira. Estou em tratamento psiquiátrico e terapêutico, tomando remédios que me derrubam. Minha vida está monótona, estou me divertindo menos, fazendo menos sexo, conhecendo menos pessoas. Mas estou mais saudável, estável, me sentindo mais gente, acordo bem sem querer me atirar de um penhasco. Enfim: escolhas. Tudo tem seu lado.

    ResponderExcluir
  20. Estou sem usar cocaína há algumas semanas. Me distanciei de amigos, larguei noites, redes sociais, estou levando uma vida bem caseira. Estou em tratamento psiquiátrico e terapêutico, tomando remédios que me derrubam. Minha vida está monótona, estou me divertindo menos, fazendo menos sexo, conhecendo menos pessoas. Mas estou mais saudável, estável, me sentindo mais gente, acordo bem sem querer me atirar de um penhasco. Enfim: escolhas. Tudo tem seu lado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, a vida as vezes fica monótona mesmo, e isso não é ruim, é apenas um momento, uma fase diferente, mas nada na vida é permanente...e como diz o ditado :"se é para o bem, que mal tem?". Muitas vezes é necessário se afastar da agitação cotidiana, para encontrar o seu próprio eixo, se firmar em vc mesmo, e nesse caso é o melhor a fazer para que fortifique sua vontade de mudança! Continue, mas procure também uma psicoterapia, vai te ajudar muito a perceber as armadilhas inconscientes que podem levar a uma recaida e a se conhecer melhor! Um abraço!

      Excluir
  21. ola eu uso drogas a cinco anos quero muito para mascada vez mais e dificil perdi muita coisa nesse tempoo respeito da minha mulher pois ela acha que todas as vezes que prometi a ela que ia parar era mentira mas eu sempre quiz e quero parar so que eu sempre do recaida ta destruinado a minha vida e principalmente meu maior sonho que e ter uma familia e filhos me de uma orientacao por favor e sempre que eu uso eu fico com depressao perco a vontade de viver

    ResponderExcluir
  22. Olá, eu usava cocaína sempre aos finais de semana, e quando bebia... Tenho 22 anos e já uso há um bom tempo, foi aumentando gradativamente... Sei que profissionais facilitariam, mas tenho uma familia muito rígida em relação a isso... Nao seria mais aceito na minha casa. Com o passar do tempo, perdi o emprego (em outubro desse ano) nao esta relacionado a droga, mas agora estou em casa e o ócio facilita para o uso da cocaína novamente... Me programo todo para fazer uns estudos da faculdade, me organizo (estou de ferias, ou seja, nao tenho absolutamente nada para fazer, estou sem carro no momento, e meus amigos nao usuários nao estao disponíveis na semana) e nunca estudo, no dia seguinte ao uso sempre estou sem vontade de fazer nada... Sem desmerecer o trabalho dos profissionais, mas eu nao posso de jeito nenhum compartilhar isso com minha familia... Mais informações: eu cheiro sozinho as vezes, a bebida independe para o uso, nao mudo tanto minha personalidade, e uso a droga de 3 a 5 vezes por semana, porém "controladamente" (nunca perdi o controle, fiquei agressivo, ou algo do tipo) o ócio eh um grande causar do aumento do uso... E hj sinceramente, nao sei se quero parar, me preocupo apenas com um futuro emprego (ja que o uso aumentou) queria muito conversar com alguem, se puder agradeceria.. Obs: me identifiquei bastante com esse texto por isso expus minha situação

    ResponderExcluir
  23. OLA,ESTOU SAINDO DO TRABALHO E PEGANDO TODO DIA 2 CAPSULA DE COCAINA,E FICO CHERANDO A NOITE TODA EM CASA,NAO CONSIGO PARAR,ME AJUDEM,TO A BEIRA DO CAOS,PRECISO DE ALGUMAS DICAS,SEI LA,ESTOU COMEÇANDO A FAZER ATE EMPRESTIMO NO BANCO PRA COMPRA PÓ.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, vc está em um processo de compulsão pela droga, e se não tiver a iniciativa de buscar um auxilio a tendência é piorar! Vc conhece algum CAPS alcool e drogas, é um Centro de Atenção Psicossocial, próximo a sua casa? Se não conhece, procure um posto de saúde e converse com a assistente social, a psicóloga ou a enfermeira e conte o que está acontecendo com vc. Elas poderão te encaminhar para um tratamento. Talvez vc tenha que tomar alguma medicação, para te auxiliar no inicio do tratamento, mas com certeza precisará de acompanhamento psicológico. Boa sorte!

      Excluir
  24. Bom vc tem que assumir que e um doente,vc tem que procurar uma internaçao pra cortar essa seqyencis,

    ResponderExcluir
  25. eu uso também a cocaina já faz 3 anos,eu quero para e não consigo,já esta prejudicando tudo ao meu redor,já fiz acompanhamento psicológico,agora eu uso uma vez por semana,sempre no 5 ou 6 dia bate a fissura sinto que eu estou quase parando,mas quando uso de novo cada vez mais eu fico mais agressivo mais sem controle,preciso de ajuda,penso em até tirar minha própria vida por medo de não conseguir mudar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Eduardo, vc está em um processo de redução de danos, e isso já é muito positivo! O seu acompanhamento psicológico tem que ser contínuo, pois o seu comportamento está mudando, provavelmente devido a frustração por não estar conseguindo deixar de usar a droga, e a raiva vem mais forte. Não pense na possibilidade de tirar a sua vida da droga, e sim de tirar a droga da sua vida! É um processo longo, as recaídas fazem parte do processo, vc está em um caminho, precisa de acompanhamento psiquiátrico, de medicações que aliviem o seu mal estar, junto com a psicoterapia. Vc já alcançou um bom estágio, agora é continuar. Sozinho é sempre mais difícil, volte a psicoterapia, mas agora procure também um médico que faça acompanhamento de dependência química para poder te medicar com conhecimento do assunto. Não se culpe tanto, vc já mudou a forma do seu consumo, de diário para semanal, vc está evoluindo, entrou em outra fase de tratamento,essa é mais difícil. Mas quem disse que seria fácil, não é mesmo? Boa sorte, se cuida. Abraço.

      Excluir
  26. Oi Rosangela , uso cocaína há 3 anos e em grande quantidade , 6 gramas /dia , antes bebia muito e diminiu , o alcool me dava " fissura" mas era contolável, já a coca me deixa desesperado , não penso em outra coisa , tenho medo antes mesmo da minha acabar.Verdade é que chego ao ponto de cheirar o fundo da gaveta na qual guardo as cápsulas e sempre cai um resto.
    A complicação no meu caso , sou depressivo ( jáera antes de usar qualquer droga) , e depois de 2 dias sem coca entro numa onda tão ruim que acabo por buscar o alívio usando coca novamente.Agora o pior: já uso anti depressivos , ansiolíticos e faço terapia , não vou me internar porque já o fiz e fui tratado como idiota , não como dependente químico.Sem falsa modéstia , sou muito inteligente mais muito compulsivo , para tudo , se começo a ler Filosofia compro todas as obras e " como" , mas se uso coca quero muito e pra sempre.
    No mais , parabéns pelo blog , muito bom ,

    abraço fraterno,

    Fabio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Fábio, vc precisa tratar primeiro a compulsão! O fato de vc estar medicado, não significa que sejam os medicamentos corretos para o seu caso. Se continua compulsivo talvez não estejam resolvendo. Vc me fala de uma depressão, e fala de compulsão... são duas vertentes fortes para uma psicopatologia, e a cocaína pode estar na sua vida realmente para aliviar o seu mal estar psicológico, ou seja como uma 'medicação', mas como ela traz a compulsão, é um 'remedinho' que pode piorar muito a sua vida. A redução de danos no seu caso, teria que começar com um medicamento eficaz, e psicoterapia de 2 a 3 vezes por semana, o ideal seria individual e em grupo. É possível tratar sem internar, mas se o seu consumo é grande e contínuo, ficar em um lugar por cerca de um mes pra vc conseguir a abstinência, pode ser muito positivo para a sua desintoxicação. A sua inteligência racional pode ser acima da média, mas a sua inteligência emocional está prejudicada!
      Vc tem muitas possibilidades de tratamento Fábio, mas precisa encontrar bons profissionais em qualquer um deles, e isso as vezes leva tempo! Boa sorte, abraço.

      Excluir
  27. Ola meu nome e kaio tenho 16 anos e desde de a primeira vez que fumei gostei de maconha e sempre tive um palpite que nunca iria viciar mais hoje eu quero parar pois arrumei uma namorada de responsa e eu quero gastar meu dinheiro que luto tanto com ela e nao com drogas mais toda vez que eu penso para eu me cinto estranho com uma leve tremedeira no braço, mas minha força de vontade e mair que o vicio mais eu tenho medo que eu fique em sintomas pior eo meu pior medo e de que minha mae saiba pq faz pouco tempo que meu pai morreu e eu nao queria dar esse disgosto pra ela. Intao eu queria um dica oq eu posso fazer ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Kaio, desconheço esse sintoma de abstinência, mas pode ser uma ansiedade e vc percebe o seu braço. O ideal seria vc procurar um Caps alcool e drogas e conversar com o médico sobre isso. Não sinta medo de ficar com esse sintoma, isso pode ser passageiro. A sua decisão é muito sensata e legal, é melhor mesmo vc parar agora do que esperar a fase adulta chegar! Sua família não precisa saber de nada, mas seria muito bom vc fazer uma psicoterapia, e pode ser por qualquer outro motivo. Boa sorte querido! Abraço.

      Excluir
  28. Boa tarde, uso cocaina a mais ou menos 9 anos, quero parar mais tenho vergonha de me abrir com minha família, ja estou trabalhando minha cabeça nessa possibilidade não está facil mas acredito que vou conseguir vencer. Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, sozinho é sempre mais difícil, mas vc pode procurar apoio psicológico, que te ajudará muito nessa decisão! A força da vontade é o primeiro passo para parar o uso, pois sem ela vc não muda nada na sua vida! Boa sorte! Abraço

      Excluir
  29. SIMPLES:TROQUEI O "D"DE DROGAS PELO "B" DE BUDISMO.NELE SE DIZ QUE O DESEJO LEVA AO SOFRIMENTO,E É VERDADE.O USO DE QUAISQUER SUBSTÂNCIAS FAZ MAL À MENTE E AO ESPÍRITO.MUITA LUZ IRMÃOS!

    ResponderExcluir
  30. eu decidi hoje e to disposto a lutar .....ja perdi muito tempo nisso e quero ser feliz com minha esposa.................hj me encontro muito triste ,,,,,,,,,,,,,,,,isso só estraga ,,,,,,,,,,,,,,,,,to cansado ,,,,,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, a tristeza é diferente da depressão, ela faz parte da vida, não tente ir contra ela, apenas seja vc no momento, com tristeza ou alegria. A vida é assim, um vai e vem constante de emoções e sentimentos. Fique bem, se perceber que está demorando para passar busque ajuda profissional de uma psicóloga. Está tudo certo! Te desejo sorte e força! Abraço.

      Excluir
  31. Tenho 29 anos, moro no interior do PR, sou usuário de drogas a 14 anos, comecei fumando um baseado aos finais de semana, logo passei a fumar tês vezes por semana, cheirei cocaína pela primeira aos 16 anos, mas foi apenas um episódio. Aos 17 anos fui estudar em na capital Curitiba e lá comecei a fumar maconha o dia todo, fumava em média 15 a 20 baseados diários, e aí comecei a cheirar cocaína esporadicamente, aos finais de semana, balada de meio de semana, junto com ecstasy e LSD. Nesta época usei quase tudo, lança perfume, Ketamina, Cola, Buzina, Tiner, MDMA, Cogumelos. Foi morar em nossa república um cara que traficava ecstasy e cocaína, e chegou a ter em nossa casa 5000 comprimidos de ecstsy e 12.000 papeis de LSD, e então eu não pensava muito no pó, curtia mais essas drogas, usuva em baladas e raves. Fiquei nessa vida, que eu achava muito boa, por 02 naos, mas não deu muito certo e tranquei minha faculdade de Eng. Mecânica e voltei para o interior, ficando por 06 meses e fazendo cursinho pré vestibular, tendo um período de uso extremo da cocaína, nessa época tinha 20 anos, e cheirava dia sim dia não. Logo passei em outro vestibular, Direito e me mudei para outra cidade do PR, onde tive durante os quatro pirmeiros anos o uso da maconha diariamente, em média 3 baseados por dia, porém com o uso em apenas umas 6 oportunidades a cocaína, foi um período muito bom para mim. No último ano da faculdade, eu estava com 24 anos, passei a usar a cocaína com um pouco mais de frequência, aos finais de semana, o que perdurou até meus 27 anos. Minha namorada engravidou, sou pai de uma linda menina, e passamos a morar juntos, foi quando parei de fumar a maconha, mas por outro lado passei a consumir a cocaína frequentemente, nos entre os meses de dez de 2012 e novembro de 2013, cheirei todos os dias, comecei com 1g em média, sempre escondido da minha esposa e família (até aí ninguém sabia) até que passei a consumir mais, até que no dia 12 de novembro de 2013 cheirei 3g de pó, entrei em surto, não fui trabalhar, escutava vozes, tive realmente um surto psicótico muito forte, cheguei a encostar uma faca no meu pescoço com pensamente em suicídio, foi quando falei com minha esposa, ela me apoiou e passou a me controlar e observar mais, também comecei um tratamento com uma médica e um psicólogo. Fiquei 03 meses sem nenhum uso, parei de beber e fumar, tudo estava voltando aos eixos, mas recaí, e voltei a usar com mais força, todos os dias desde março de 2014, em média 2g por dia, chegando a 3, 4g e hj usei 5g de pó, não fui trabalhar, não tinha condições por causa dos surtos que essa droga maldita causa. Prometi a minha família que vou me internar, amanhã vou a minha médica e a meu psicólogo, acredito que apenas coma internação vou conseguir sair dessa desgraça que essa droga proporciona. A cocaína é demoníaca, ela te destrói quando vc menos espera e acha que tem controle sobre ela, por isso deixo esse relato para aqueles que estão começando o uso, achando que ela é inofensiva, eu sempre pensei assim e agora me tornei escravo dessa merda!!

    ResponderExcluir
  32. Olá querido! Gratidão pelo seu relato! A internação vai te ajudar a conter a compulsão pela droga! Mas não acredite que ficar internado vai resolver a sua dependência da cocaína, ela vai te ajudar a conseguir a abstinência, a pensar sem a droga de forma que vc consiga começar a decidir o que quer. Quando vc sair da internação, reinicie imediatamente o tratamento médico e psicológico, pois a sua vida continua aqui fora, e todas as vontades poderão votar conforme as emoções que vc tiver. Reaprender a viver sem o uso da cocaína é uma arte muito bonita, mas não é fácil e vc precisará de auxilio psicológico! Boa sorte, e muita luz no seu caminho! Um abraço.

    ResponderExcluir
  33. ola me chamo te thiago tenho 22 anos uso cocaina a 6 anos a 3 anos quando comecei a namora diminuir bastante mas uso ainda estou aki para pedi concelho uma ajuda para parar com isso tenho muito apoio da minha namora mas nao consigo para ja fiquei tempo sem usa mas toda vez q uso eu passo dos limites nao tenho vergonha de fala q uso mas tenho vergonha de nao consiguir para preciso de ajuda des de ja agradeço qm leu e desculpa os erro de ortografia por q ja usei e to muito mal

    obrigado

    ResponderExcluir
  34. oi sou jeferson tenho 23 anos deis dos 15 uso cocaína ja perdi muita coisa com isso e devido ao consumir muita droga cerca de 5 gramas por dia tem q ter dinhero pra isso ai pra sustenta meu vicio comecei a vende eté hj nao consegui para. to me acabando minha vida ta uma desgraça minha mente so maquina maldade vo pro tudo ou nada num tenho mais medo de nada nem da morte nem nada pior queta num fica e hj to mei um decisao de para com essa droga dr asenhora pod me ajuda tem remedio tem alguma coisa q ajude

    ResponderExcluir
  35. Boa. me encontro num desespero vou tentar de tudo ara me libertar deste vicio.
    MUITO OBRIGADO.

    Para os que encontra-se na mesma situação vamos lutar por aqueles que achamos merecer e necessitar o nosso apoio e carinho vamos tentar amar mais os nossos próximos e deixar de pensar apenas em nossos problemas. o meu maior desejo é sair da posição de ser sempre o necessitado para passar para o ajudador. temos muito o que mostrar aprendido nas andanças desta vida louca que foi da curtição. BASTA, CHEGA.

    ResponderExcluir
  36. Que desespero meu Deus , porquê a desgraca de alguns faz a felicidade de outros ?
    Maldita merda que eu tinha que conhecer , para hoje ser escravo de mim mesmo ;
    Ter que trabalhar o dobro para comprar aquilo que está acabando com a minha vida .
    Perdendo a saúde, a família , a minha mulher, por um prazer de 5 minutos ....

    ResponderExcluir
  37. Boa noite,

    Tenho 25 anos, sou usuario de cocaína há uns 5 anos, mas de uns tempos pra cá esse uso veio subindo gradativamente.comecei a usar so quando bebia muito e estava muito bebado, em seguida (demorou um pouco) comecei a usar sempre que bebia, e esse uso foi aumentando sem eu nem notar (escrevo isso com vergonha, mesmo sendo anonimo pois é uma realidade), hoje cheiro cocaína todos os dias, em média 40 reais. trabalho o dia inteiro e quando volto para casa, fico no quarto trancado, com toda minha familia em casa, digo que vou dormir e fico usando drogas, no outro dia acordo com sono e vou trabalhar e volto a rotina novamente da droga. Tive fim de relacionamentos, mortes onde me conturbaram realmente (do meu melhor amigo), nunca tive um pai (separado, e hoje ja faleceu) enfim, tive muitos motivos mas nenhum justifica, eu nao considero esses motivos ai o motivo de hoje eu usar droga, nao acho que eu esteja no fundo do poço, nao me preocupo tanto com minha saude ou algo do tipo, MAS SIM, QUERO PARAR! quero parar pois estou perdendo momentos da minha vida, tá se tornando um vício ao invés de um "esporte" como a droga era pra mim, isso vem me incomodando, e resolvi parar agora, por ver um amigo, se entregando, depois de internações e tal, se entregando para a droga, não consigo admitir isso apesar de saber como a droga tem esse poder! eu sou forte, com certeza! mas preciso exatamente desses macetes (obs: dentro da minha casa sou referencia, nunca souberam do uso de um tipo de droga se quer, nem ao menos um cigarro), esses macetes seriam importantissimos para mim, para me ajudar nessa luta (Espero que não esteja sozinho, contra as drogas). Hoje, 22 de junho de 2015, as 2:20 da manha, depois de ter cheirado cocaina tanto no sabado, como hoje, inventando exatamente a "Fissura Mascarada" para sair de casa, e ir comprar a droga, agora o efeito já passou e estou escrevendo isso. Espero que amanha quando eu acordar eu esteja disposto a mudar tudo isso, mudar essa vida que não vem sendo boa pra mim!!! isso foi um desabafo e um pedido de ajuda, que espero daqui há uns meses dizer que continuo limpo e foi tudo graças à esse desabafo e as ajudas que me foram dadas. (Isso não é uma depressão que dá após o uso da droga, me sinto firme para parar, acredito que vou conseguir.) Tamo Junto.

    ResponderExcluir
  38. Boa noite,

    Tenho 25 anos, sou usuario de cocaína há uns 5 anos, mas de uns tempos pra cá esse uso veio subindo gradativamente.comecei a usar so quando bebia muito e estava muito bebado, em seguida (demorou um pouco) comecei a usar sempre que bebia, e esse uso foi aumentando sem eu nem notar (escrevo isso com vergonha, mesmo sendo anonimo pois é uma realidade), hoje cheiro cocaína todos os dias, em média 40 reais. trabalho o dia inteiro e quando volto para casa, fico no quarto trancado, com toda minha familia em casa, digo que vou dormir e fico usando drogas, no outro dia acordo com sono e vou trabalhar e volto a rotina novamente da droga. Tive fim de relacionamentos, mortes onde me conturbaram realmente (do meu melhor amigo), nunca tive um pai (separado, e hoje ja faleceu) enfim, tive muitos motivos mas nenhum justifica, eu nao considero esses motivos ai o motivo de hoje eu usar droga, nao acho que eu esteja no fundo do poço, nao me preocupo tanto com minha saude ou algo do tipo, MAS SIM, QUERO PARAR! quero parar pois estou perdendo momentos da minha vida, tá se tornando um vício ao invés de um "esporte" como a droga era pra mim, isso vem me incomodando, e resolvi parar agora, por ver um amigo, se entregando, depois de internações e tal, se entregando para a droga, não consigo admitir isso apesar de saber como a droga tem esse poder! eu sou forte, com certeza! mas preciso exatamente desses macetes (obs: dentro da minha casa sou referencia, nunca souberam do uso de um tipo de droga se quer, nem ao menos um cigarro), esses macetes seriam importantissimos para mim, para me ajudar nessa luta (Espero que não esteja sozinho, contra as drogas). Hoje, 22 de junho de 2015, as 2:20 da manha, depois de ter cheirado cocaina tanto no sabado, como hoje, inventando exatamente a "Fissura Mascarada" para sair de casa, e ir comprar a droga, agora o efeito já passou e estou escrevendo isso. Espero que amanha quando eu acordar eu esteja disposto a mudar tudo isso, mudar essa vida que não vem sendo boa pra mim!!! isso foi um desabafo e um pedido de ajuda, que espero daqui há uns meses dizer que continuo limpo e foi tudo graças à esse desabafo e as ajudas que me foram dadas. (Isso não é uma depressão que dá após o uso da droga, me sinto firme para parar, acredito que vou conseguir.) Tamo Junto.

    ResponderExcluir
  39. Olá tenho um.grupo de.whatsapp para.usuários ....nos.ajudamos ..,,principalmente.na.hora da.Depre pós uso...,
    11980843642....me chama

    ResponderExcluir
  40. Bom, infelizmente, a única droga que uso é a cocaína. Faz exatamente um ano e alguns meses que estou nessa. Comecei a fazer isso com meu namorado. Agora, estou solteiro faço esse uso sozinho. Eu quero largar isso, porque não quero mais ter essas crises de euforia e passar noites em claro por causa disso. E, infelizmente, o motivo desse meu uso também dever ser por causa da soropositividade. E acho que realmente coloquei o foda-se e vou morrer mesmo, mas, cair na minha consciência. Infelizmente, não posso falar isso pro meus pais. O que eu faço? Tenho 25 ano e sou uma pessoa muito carente de companhia.

    ResponderExcluir
  41. Tenho 40anos e sou de Santos, quando jovem usei algumas vezes cocaina, mas sempre tive controle. Depois de 12 anos sem usar, comecei apenas nos finais de semana, depois 2x por semana e de repente todos os dias....achava que estava td bem e tinha controle, me enganei, esta droga é terrível e quase perdi minha esposa, pois um dia ela me flagou e nosso mundo desabou...! Com muito esforço, Deus e refletindo sobre a minha família eu consegui parar e minha vida voltou ao normal....! Nunca experimentem esta porcaria, sua vida se transforma em um terror.....a vida é muito melhor sem drogas...!
    A droga te dá alguns minutos de prazer e depois muitas horas de tristeza....!

    ResponderExcluir
  42. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir